Victor Brabosa Coelho e Moisemar Coelho (Crédito foto: Foto do Face do Victor)
[xyz-ips snippet="Banner-728x90"]

Conforme Victor Barbosa Coelho, filho do ex-prefeito; seu pai ele era diabético e há mais ou menos um mês teve uma caída, sendo levado para São Paulo, onde ficou internado no hospital 9 de Julho por cerca de 20 dias.

Moisemar Coelho foi prefeito na cidade de Balsas, no período de janeiro de 1989 a Dezembro de 1992. Em sua gestão como prefeito deu início a grande obras no município que ainda hoje perduram como: o matadouro público. A estação de tratamento e capitação de agua no rio Balsas. A construção do porto das caraíbas, e obras de infraestrutura como asfaltamento e calçamento de ruas.

Na área empresarial Moisemar foi proprietário de usinas de beneficiamento de arroz, serralheria e também investiu no setor agropecuário. Ele era engenheiro mecânico e trabalhou como chefe do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

Em Balsas o corpo foi levado para a câmara municipal de vereadores, onde foi velado e recebeu homenagens em ato solene, presidido pela vereador Sebastião Filho Saraiva, presidente da casa.

Velório do ex-prefeito Moisemar Coelho
(Fotos do plenário da câmara de vereadores, no momento do ato solene em homenagem ao ex-prefeito Moisemar Coelho)

Da tribuna da câmara, autoridades familiares e amigos fizeram uso da palavra em discursos emocionados, expressaram a vida e o legado do ex-prefeito Moisemar Coelho

O Dr. Francisco Vagner Pires Coelho, irmão de Moisemar relatou em seu discurso parte da história do irmão que é natural de Balsas e estudou em Recife (PE). “O momento é de muita tristeza para mim. Ele é terceiro dos meus irmãos que perdemos, resta apenas eu. Para mim foi como uma espécie de pai, como irmão mais velho foi muito importante. Voltou para Balsas para impulsionar no desenvolvimento dessa região”.

Victor Barbosa Coelho, filho de Moisemar disse que como filho perdi um pai exemplar, amoroso, zeloso, franco, sincero, honesto que deixa um legado de um homem comprometido que valorizava o bem público, muito amigo, muito parceiro e para a família uma perca irreparável e Balsas perde um de seus ilustres cidadãos.

“Enquanto político podemos destacar que sua administração foi uma das melhores que o município já teve com muitas realizações. Um homem público que participou do desenvolvimento da cidade”.
Ressaltou.

Moisemar Pires Coelho deixou viúva a senhora Carmelia Coutinho Barbosa Coelho, 3 filhos e 5 netos. No início da noite o corpo foi conduzido a residência da família no centro de Balsas, onde continuou o velório. O sepultamento ocorre nesta quarta-feira (17) pela manhã no cemitério central em Balsas (MA).

Fonte: Diário de Balsas

 

DEIXE UMA RESPOSTA

onze − dez =