Embrapa Cocais prospecta demandas para novo modelo de gestão compartilhada no Matopiba

    0
    787

    Embrapa Cocais prospecta demandas para novo modelo de gestão compartilhada no Matopiba

    -
    Categoria(s):

    Serão 10 Unidades atuando na UEP Balsas em novo modelo institucional compartilhando estruturas e agenda institucional

    De 6 a 9 de maio, a Chefia de Administração da Embrapa Cocais reuniu os supervisores dos setores de Infraestrutura e Logística (SIL), Patrimônio e Suprimentos (SPS), Orçamento e Finanças (SOF) e do Núcleo de Tecnologia e Informação (NTI) com a área de administração da Unidade de Execução de Pesquisa (UEP) em Balsas. Os assuntos foram os pré-requisitos de infraestrutura e processos para a reestruturação da UD e da UEP para receber os novos concursados a serem lotados na Embrapa Cocais e em mais nove UDs: Algodão, Soja, Solos, Milho e Sorgo, Cerrados, Arroz e Feijão, Mandioca e Fruticultura, Meio Ambiente e Agricultura Digital.

    O encontro discutiu com os supervisores a necessidade de readequação de espaços laborais e estruturas físicas de pesquisa e apoio, redesenho de processos críticos de gestão com estímulo ao diálogo com fornecedores locais e novos modelos de contratação, estabelecimento de prioridades na execução orçamentária com planos de trabalho anuais e também reforçou as premissas da gestão técnica e administrativa compartilhada entre as dez Unidades da Embrapa em Balsas. As ações fazem parte do fortalecimento da atuação da UEP na região do Matopiba, fronteira agrícola consolidada e em expansão no País. “Nós, da Embrapa Cocais, somos os protagonistas na liderança dessa rede. De posse das informações discutidas nesses dias, vamos implementar plano de trabalho que vem sendo construído há alguns meses e ações de curto, médio e longo prazos para modelar, com clareza, os processos para governança e gestão com mais nove Unidades Descentralizadas. A aproximação das equipes e a empatia da equipe de São Luís em relação às necessidades da equipe de Balsas é fundamental para o sucesso das ações na missão de estruturar e pavimentar esse inovador modelo estratégico da Embrapa no Matopiba. Fazer a várias mãos este trabalho colaborativo nos permite reunir a visão de especialistas que irão subsidiar a tomada de decisão da gestão”, destacou o chefe-adjunto da administração da Embrapa Cocais, Allyson Veras.

    Para o chefe-geral da Embrapa Cocais, Marco Bomfim, uma nova e desafiadora modelagem está nascendo em Balsas, fruto de uma maior aproximação da gestão com a UEP e da necessidade de fortalecer a presença da Embrapa na região. “Somente em 2023, estivemos quatro vezes na UEP para identificar questões mais relevantes e suas soluções. O fortalecimento dos recursos humanos a partir de uma articulação feita com outras UDs e com apoio da Diretoria-Executiva é um grande passo para a consolidação da Embrapa no Matopiba. Estruturar a gestão administrativa e o plano estratégico é essencial para a eficiência desse grande projeto na região”.

    Depoimento dos participantes

    Para a supervisora Vera Nice Gauer, da UEP Balsas, “a vinda do chefe de administração e dos supervisores do SIL, NTI, SPS e SOF foi uma oportunidade de eles vivenciarem a realidade da UEP-Balsas e acompanharem de perto as nossas demandas, aproximando-nos ainda mais da Embrapa Cocais. Houve um sentimento de pertencimento. Agradeço por nos propiciarem esse momento”.

    Aldir Fonseca, supervisor do SPS, disse que “a visita à Balsas foi uma experiência de extrema importância para a consolidação dos processos de compras, uma oportunidade para enxergar e sentir de perto os problemas e as demandas. A experiência só aumentou o nosso compromisso em estreitar cada vez mais os laços que unem a Embrapa Cocais e a UEP, entendendo que se trata de uma única Unidade”.

    Fabio Gomes, supervisor do NTI, considerou a semana importante para estabelecer as melhores soluções para as demandas da UEP no contexto de TI, entre elas aquisição de novos computadores, novo cabeamento de rede, inclusão da UEP na rede RNP, implantação da telefonia IP. “Essa ampliação dará sustentação na nova configuração da UEP em relação ao Matopiba e aos futuros colegas de trabalho que chegarão com o novo concurso”.

    Por: Flávia Bessa (MTb 4469/DF)