Interrupções de sinal são comuns no município, segundo os lojistas. Problema está prejudicando as vendas com cartões de débito e crédito.
[xyz-ips snippet="Banner-728x90"]

Os lojistas do município de Balsas, a 810 km de São Luís, estão reclamando da qualidade dos serviços de telefonia móvel na cidade. Segundo eles, as interrupções de sinal são comuns e acabam prejudicando as vendas com cartões de débito e crédito.

Como é o caso do taxista Antônio Lucena que diz que depende do aparelho celular para receber ligações de clientes. Ele reclama que está se sentindo prejudicado com o problema na região. “Prejudica o comércio, o taxista. Todo mundo que depende da telefonia celular e da internet móvel que tem na cidade. Se não tiver isso toda a cidade para”.

Balsas tem a terceira maior economia do Estado e abastece uma região com mais de 320 mil habitantes, mas não avançou nos serviços de telefonia. Nenhuma das quatro operadoras de telefonia móvel da cidade possui tecnologia 3G.

Na semana passada as quatro operadoras ficaram sem sinal por oito horas em um único dia. As lojas que dependem da telefonia móvel para as operações com cartão de crédito e débito acabam perdendo vendas. A emissão da nota fiscal eletrônica também fica prejudicada.

A secretária executiva da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) revela que já fez reclamações no Programa de Proteção e Defesa do Consumidor no Maranhão (Procon-MA), na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e até no Ministério Público. Ela acrescenta que o problema está gerando altos custos aos empresários de Balsas.

“Num momento delicado economicamente o empresário tem que fazer mais investimento ainda e isso tudo gera um custo altíssimo para o empresário. Ele tem que ter uma segunda opção de backup, de três sinais de operadoras para que quando uma caia a outra funcione”, desabafou a secretária executiva da CDL..

O gerente do Procon em Balsas, Wilton Barros, informou que vai notificar todas as operadoras e orienta a população a continuar fazendo reclamações. “É importante que todos aqueles consumidores que se sentem lesados que formalizem a reclamação junto ao Procon, junto a Anatel, vindo diretamente até a nossa unidade física ou fazendo a reclamação pelo o aplicativo Procon-MA ou pelo o site. É importante que essa reclamação seja feita para que nós possamos ter subsídios junto a essa empresa para fazermos as nossas ações. Então é importante que o consumidor formalize a denúncia”, finalizou.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

dezoito + vinte =