Apenas na primeira semana de junho, a cidade já registrou 26 focos de incêndio; o MA vem em 4º lugar no ranking nacional de queimadas.

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontaram o município de Balsas, a 810 km de São Luís, em segundo lugar no ranking das cidades com maior número de queimadas no Brasil.

Apenas na primeira semana de junho, a cidade já registrou 26 focos de incêndio.

Essa situação preocupante exige atenção redobrada da população e das autoridades, pois o Corpo de Bombeiros já atendeu 18 chamadas para combater incêndios na região em apenas um dia.

Segundo o INPE, o Maranhão se encontra em alerta contra incêndios florestais: dados revelam que o estado vem em 4º lugar no ranking nacional de queimadas, com 1.423 focos registrados entre 1º de janeiro e 5 de junho de 2024.

Esse número representa um aumento alarmante de 47% em relação ao mesmo período do ano passado — quando foram contabilizados 879 focos.

As causas das queimadas são diversas, mas o principal fator é a estiagem, que se intensifica nos próximos três meses, aumentando ainda mais o risco de novos focos.

O Corpo de Bombeiros alerta para os perigos das queimadas, que podem causar danos à saúde da população, à fauna e flora, além de comprometer o meio ambiente e a economia local.

É fundamental que a população esteja consciente da gravidade da situação e busque evitar os incêndios. É recomendado não acender fogueiras em áreas abertas, descartar corretamente materiais inflamáveis e denunciar qualquer foco de incêndio às autoridades.

O INPE monitora as queimadas através de imagens de satélites, fornecendo dados precisos para auxiliar no combate aos incêndios. O mapa nacional das queimadas está disponível no site do instituto, permitindo a visualização das áreas mais afetadas e o direcionamento das ações de combate ao fogo.

DEIXE UMA RESPOSTA