Foto e Texto: G1/MA
A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu, nessa segunda-feira, 13, nove pessoas suspeitas de cometerem crimes ambientais contra a fauna e a flora nas cidades que compõem o Parque Estadual de Mirador, a 485 km de São Luís. De acordo com a Polícia Civil, as prisões da Operação Protetores do Bioma ocorreram nos municípios de Mirador, São Domingos do Azeitão e Pastos Bons.
Na cidade de Mirador, a Polícia Civil prendeu quatro pessoas por desmatamento ilegal de uma área de três hectares de mata nativa. Já em São Domingos do Azeitão, três pessoas foram presas por crime contra a flora, enquanto um quarto suspeito foi detido por porte ilegal de arma, pois estava com um revólver e uma espingarda calibre .36 no momento da abordagem policial.

Com os suspeitos detidos em São Domingos do Azeitão, a Polícia Civil encontrou nove pássaros silvestres e um macaco-prego em cativeiro. Os animais foram entregues ao Batalhão Ambiental da Polícia Militar e, em seguida, reintegrados ao Parque Estadual de Mirador.

Por fim, um homem foi preso em Pastos Bons, por descarte de lixo em uma área não legalizada. O suspeito foi flagrado despejando de um caminhão cerca de uma tonelada de resíduo sólido doméstico em um lixão clandestino.

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que o lixo é recolhido diariamente das residências da cidade de Sucupira do Norte e dispensado em uma área de mata nativa de Pastos Bons. De acordo com levantamento prévio, mais de 25 mil toneladas de lixo doméstico já teriam sido despejadas no local.

DEIXE UMA RESPOSTA