Em nota a Litucera Limpesa e Engenharia, empresa contratada para cuidar do bem-estar da população balsense, recolhendo o lixo das ruas, diz que a paralisação se deve à falta de pagamento por parte da prefeitura do município de Balsas.

Desde o dia 29/09, a empresa deixou a cidade um caos, lixo por toda parte. Até que o prefeto Rochinha resolveu contratar outra empresa de procedência duvidosa para continuar os serviços.

O débito a prefeitura com a empresa chega a R$ 3.289.206,26.

Conforme diz a nota, desde o dia 20/09, que o acerto deixiu de ser cumprido e que não houve nenhuma consulta sobre a continuação da catação dos resíduos. Mesmo assim ( com o fim do contrato) a empresa se dispôs a dar continuidade aos serviços mas foi negado pelo prefeito.

Confira íntegra da nota:

nota~

DEIXE UMA RESPOSTA