As inscrições para concorrer a 206.891 vagas temporárias do Censo 2022 foram prorrogadas até 21 de janeiro. São 183.021 vagas de nível fundamental para recenseadores distribuídas em 5.297 municípios do país. Os recenseadores do IBGE atuarão diretamente na coleta das informações em mais de 70 milhões de domicílios. Como o salário do recenseador é por produção, é possível simular a remuneração. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) é a organizadora da seleção, clique aqui para se inscrever.

RESUMO:

  • Inscrições para 206.891 vagas foram prorrogadas até 21 de janeiro de 2022.
  • São 183.021 vagas de recenseador, 18.420 de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em quase todos os municípios (5.297) do país.
  • Para recenseador, é preciso ter nível fundamental completo. A taxa de inscrição é de R$ 57,50 e pode ser paga até 16 de fevereiro.
  • Um simulador está disponível para calcular a remuneração do recenseador, de acordo com a localidade e as horas trabalhadas.
  • Já as oportunidades de agentes censitários exigem nível médio, e possuem salários de R$ 2.100 para ACM e de R$ 1.700 para ACS. A taxa de inscrição é de R$ 60,50 e pode ser paga até 16 de fevereiro.
  • As inscrições para os processos seletivos de recenseador e agente censitário de 2020 e 2021 não serão válidas para o Censo 2022.
  • Pessoas inscritas no CadÚnico podem solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

DEIXE UMA RESPOSTA