Sedes concretiza semana de apoio técnico do censo SUAS, Barra do Corda, Caxias e Balsas

    0
    222
    [xyz-ips snippet="Banner-728x90"]

    A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), por meio da Secretaria Adjunta de Assistência Social (SAAS), segue promovendo reuniões de apoio técnico acerca do Programa Criança Feliz do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), voltado para a ação intersetorial Primeira Infância, nos municípios de Caxias, Barra do Corda e Balsas. Os encontros ocorrem entre os dias 24 e 28/10.

    O Programa Criança Feliz é uma iniciativa do Governo Federal, sendo coordenada no Maranhão pela Sedes, tendo por objetivo promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. São realizadas políticas voltadas para as crianças nos âmbitos saúde, educação, assistência social, promoção de direitos e cultura, além da promoção do fortalecimento das redes de proteção e cuidado nos territórios (assistência social, saúde, educação, cultura e direitos humanos).

    A SAAS, por meio do apoio técnico, segue efetuando nos municípios da vez acompanhamentos especializados às famílias e indivíduos que vivenciaram situações de violação de direitos, por intermédio de um atendimento multiprofissional. Além disso há a realização de visitas domiciliares e institucionais aos órgãos do Sistema de Garantia de Direitos, Defensoria Pública, Judiciário, Conselhos Tutelares e Ministério Público. Para o secretário da Sedes, Paulo Casé Fernandes, visitas como essa são muito importantes para manterem o bom funcionamento do programa. “Seguimos enviando nossas equipes de apoio técnico aos municípios para poder realizar diálogos e as devidas fiscalizações na manutenção dessas atividades. É muito importante sempre capacitar e frisar a importância dessa iniciativa aos visitadores e demais atuantes municipais”, ressaltou.

    As equipes seguem atuando em peso nos interiores do estado, afirma o secretário adjunto de Assistência Social da Sedes, Luiz Carlos Borralho. “Nós estamos realizando capacitações e visitas constantemente para mantermos uma boa adesão ao programa. Nosso apoio técnico vem sendo fundamental para que mais pessoas tomem conhecimento das ações, façam parte e busquem seus devidos direitos”, concluiu.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    oito + quatro =