MA: Dentista alerta para os cuidados com a saúde bucal da população idosa

    0
    387
    Aged patient sitting in a dental chair while looking at himself in the mirror

    IBGE mostra que a parcela da população idosa subiu 15% no comparativo com 10 anos atrás.

    Segundo Boletim Social do MA, a população de idosos aumentou no Estado nos últimos anos, passou de 9,3% em 2012 para 12,0% em 2022, sendo 856,5 mil idosos, o que faz do Maranhão o 12º estado com maior contingente populacional desse grupo etário no país.

    [xyz-ips snippet="Banner-728x90"]

    Com o envelhecimento da população, os cuidados com a saúde bucal se tornam cada vez mais relevantes, especialmente no caso da população idosa. A saúde bucal adequada desempenha um papel crucial na qualidade de vida, bem-estar geral e na manutenção da saúde física e mental dos idosos.

    A parcela idosa da população brasileira, com 60 anos ou mais, subiu para 15,1% em 2022, último dado apresentado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dez anos antes, em 2012, o percentual era de 11,3%. Os dados são da Divisão de Características Gerais dos Domicílios e dos Moradores 2022 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua.

    No Maranhão, como aponta o Boletim Social do Maranhão – Perfil da Pessoa Idosa, a população de idosos passou de 9,3% em 2012 para 12,0% em 2022, último dado registrado. Em termos absolutos, são 856,5 mil idosos, o que faz do estado o 12º do país com maior contingente populacional desse grupo etário.

    Segundo Roberto Cesar Duarte Gondim, coordenador do curso de Odontologia da Faculdade Anhanguera de São Luís, com o passar dos anos, os idosos podem enfrentar uma série de problemas bucais, como cáries, doença periodontal, perda de dentes, boca seca (xerostomia) e lesões orais.

    “Os idosos estão particularmente em risco devido a esses fatores, juntamente com mudanças naturais associadas ao envelhecimento. As condições bucais do idoso podem ser agravadas ainda por doenças crônicas, uso de medicamentos e redução da capacidade de cuidar da higiene bucal adequadamente. Dessa forma, as visitas regulares ao dentista são fundamentais para a saúde bucal dos idosos. O ideal é que essas visitas ocorram a cada seis meses, ou conforme recomendado pelo dentista. Durante essas consultas, o dentista pode identificar problemas bucais precocemente, antes que se tornem mais graves, e realizar tratamentos preventivos, como limpezas profissionais, aplicação de selantes ou flúor, e educação sobre cuidados bucais adequados. Isso pode ajudar a evitar complicações futuras e manter a saúde bucal e geral do idoso”, indica.

    O especialista dá algumas dicas para manter uma saúde bucal adequada. Confira:

    • Incentive o uso de escova de dentes de cerdas macias e creme dental com flúor;
    • Utilizar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana entre os dentes e usar enxaguante bucal para ajudar a combater bactérias causadoras de doenças;
    • Atenção à dentadura: Para os idosos que utilizam dentaduras, é necessário cuidado especial. É importante limpá-las diariamente, removendo-as à noite para higienização adequada. Além disso, as dentaduras devem ser ajustadas regularmente pelo dentista, para garantir um encaixe adequado e evitar irritações na boca;
    • Dieta saudável: Uma alimentação equilibrada também desempenha um papel importante na saúde bucal dos idosos. Incentive o consumo de alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, para fortalecer os dentes;
    • Evite alimentos açucarados e bebidas açucaradas, que podem aumentar o risco de cáries;
    • Combate à boca seca: A boca seca é um problema comum em idosos, muitas vezes causado por medicamentos. A falta de saliva aumenta o risco de cáries e infecções bucais. Incentive a ingestão de água regularmente e consulte o dentista para obter orientações sobre produtos específicos para combater a xerostomia. Além disso, a hidratação desempenha um papel importante na prevenção de cáries dentárias. Ela é fundamental para manter a salivação em níveis ideais. A saliva é composta por água e várias substâncias, como enzimas e minerais, que ajudam a neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias da boca.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    dois × dois =