Idib conclui concurso com teste de aptidão física em Colinas, no Tocantins

    0
    299

    Candidatos fizeram teste rápido para a Covid-19 antes das provas, e banca organizadora montou uma estrutura de segurança sanitária para todos os envolvidos

    O Teste de Aptidão Física (TAF) dos classificados no concurso da Prefeitura de Colinas, no Tocantins, à Guarda Municipal, reuniu no último domingo 51 candidatos. O resultado preliminar, anunciado no mesmo dia, aponta duas pessoas eliminadas por não conseguirem completar os exercícios e 49 consideradas aptas. O resultado final será divulgado na próxima sexta-feira, 16. O concurso prevê 10 vagas de contratação imediata e 40 de cadastro reserva.

    Como vem fazendo em outras provas por todo o Brasil, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) implementou seus protocolos para evitar a transmissão do novo coronavírus como a borrifação de desinfetante no imóvel, equipamentos e objetos antes e após os exames e testes rápidos para o diagnóstico da Covid-19. Nenhum dos candidatos testou positivo. As regras também incluem limpeza das solas dos calçados em tapete especial e medição de temperatura corporal logo na entrada do local de provas; distanciamento de 1,5m entre as pessoas; avaliação física individual e uso de álcool gel, luvas e máscaras. Uma ambulância particular também foi contratada e ficou à disposição, mas não precisou ser utilizada.

    Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) tem parcerias com órgãos e instituições de todo o território nacional e status que o credenciam como uma instituição sólida, respeitada e inovadora, uma das maiores bancas organizadoras de concursos públicos no país. Pioneiro na utilização de biometria digital e facial para a identificação de candidatos e redução de fraudes, conta com um aparato de segurança que inclui câmeras de alta definição com monitoramento 24h, sistema anti-hackeamento, detectores de metal, malotes de segurança lacrados impermeáveis e resistentes ao fogo, fragmentadoras, portas blindadas, comunicação por rádio amador e bloqueadores de celular – um verdadeiro arsenal contra irregularidades.

    O Idib foi a primeira instituição a organizar concurso público para o Exército Brasileiro: os certames da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Espcex) e o de admissão do Colégio Militar de Salvador (CMS), esse ano. Fazem parte do portfólio do Idib, também, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj); o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 5ª Região, na Bahia; a Polícia Militar da Paraíba; o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP/RS); a Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás (OAB/GO); a Eletrobrás do Piauí; a Câmara Municipal de Maceió, Alagoas, e os governos dos estados do Goiás e Pernambuco.
    Por Patrícia Fernandes e Caio Avelino

    DEIXE UMA RESPOSTA