Hoje é feriado no Maranhão: 199 anos da Adesão do MA à Independência”, em comemoração ao reconhecimento do Estado à Independência do Brasil

    0
    556
    Reprodução
    199 anos da Adesão do Maranhão à Independência”, em comemoração ao reconhecimento do Estado à Independência do Brasil.
    Ainda hoje é uma data pouco conhecida dos maranhenses, embora seja um feriado estadual. A adesão tardia da província do Maranhão ao Império do Brasil, assim como de outras províncias como a Bahia, Piauí, Pará e a Cisplatina (atual Uruguai) mostra como a separação política com a metrópole portuguesa não era um consenso entre as elites “brasileiras”.
    O Ma­ra­nhão foi o úl­ti­mo es­ta­do do Bra­sil a ade­rir a in­de­pen­dên­cia do Bra­sil em re­la­ção a Por­tu­gal. À épo­ca, o Ma­ra­nhão era uma das mais ri­cas re­giões do Bra­sil. O in­ten­so trá­fe­go ma­rí­ti­mo com a Me­tró­po­le, jus­ti­fi­ca­do pe­la mai­or pro­xi­mi­da­de com a Eu­ro­pa, tor­na­va mais fá­cil o aces­so e as tro­cas co­mer­ci­ais com Lis­boa do que com o sul do país. Os fi­lhos dos co­mer­ci­an­tes ri­cos es­tu­da­vam em Por­tu­gal.
    São Luís era con­ser­va­do­ra e aves­sa aos co­man­dos vin­dos do Rio de Ja­nei­ro ca­pi­tal do Bra­sil Im­pe­ri­al, por ter in­te­res­se em con­ti­nu­ar com as re­la­ções com Por­tu­gal por con­ta das si­tu­a­ções po­lí­ti­ca e econô­mi­ca. A ilha que era tra­di­ci­o­nal re­du­to por­tu­guês foi blo­que­a­da por mar e ame­a­ça­da de bom­bar­deio pe­la es­qua­dra do Lord Co­ch­ra­ne, sen­do a pro­vín­cia obri­ga­da a ade­rir à In­de­pen­dên­cia em 28 de ju­lho de 1823.

    DEIXE UMA RESPOSTA