Estudante imperatrizense é campeã maranhense da Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), realizada pela ANEEL

    0
    341
    Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão, Mirelly Carvalho com a premiada em todo o estado do Maranhão, Isadora Santos.

    Com apoio da Equatorial Maranhão, Isadora Santos de 14 anos foi a aluna destaque do estado.  

    [xyz-ips snippet="Banner-728x90"]

    A estudante do 9° ano do ensino fundamental do Colégio COMPLEXO EDUCACIONAL DOM BOSCO de Imperatriz, Isadora Santos, recebeu o primeiro lugar do estado do Maranhão da  Olimpíada Nacional de Eficiência Energética (ONEE), um projeto organizado pelas concessionárias de energia, através do Programa de Eficiência Energética – PEE, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Como prêmio a primeira colocada recebeu, além de uma medalha na categoria ouro, um notebook doado pela Equatorial Maranhão.

    A competição distribuiu 22 mil medalhas para estudantes de 8º e 9º ano de escolas públicas e particulares de todas as regiões do país. Os medalhistas também receberam menções honrosas por suas conquistas e os que estiveram entre as melhores colocações concorreram ainda a 166 notebooks e 34 bolsas de estudos para cursos livres de R$ 3 mil. 

    No estado do Maranhão, a Equatorial foi parceira durante todo o processo de olimpíada. O estado teve 7094 inscritos na competição e 813 medalhas conquistadas, sendo 294 de bronze, 250 de prata e 269 de ouro. Isadora Santos foi a primeira colocada em todo o Maranhão e esteve em Brasília para receber o reconhecimento. A estudante expressa a alegria em poder ter garantido esse espaço no pódio. “Participar dessa olimpíada foi uma experiência muito boa. Fiquei muito feliz de ter ficado em primeiro lugar, pois essa olimpíada abrange uma área que eu gosto muito e mesmo assim eu nem imaginava que iria ficar em primeiro lugar do Maranhão, foi realmente incrível” declara. 

    No cenário municipal, os estudantes Ábillly Eduarda, Ana Luísa Marques e Kaleu Rego, também do Colégio Dom Bosco Imperatriz, garantiram medalhas de ouro e prata.

    Para a Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial MaranhãoMirelly Carvalho, apoiar esses tipos de projeto reflete um dos principais compromissos da Equatorial no âmbito social – incentivar o acesso à educação, bem como estimular a responsabilidade socioambiental no estado para um futuro mais sustentável. 

    “A energia elétrica é um bem que está no lar de todos os nossos consumidores e tendo como ponto de partida a questão de como utilizar esse bem de forma racional, vem essa parceria da ANEEL junto à Equatorial através da Olimpíada de Eficiência Energética, pois por meio disso a gente consegue levar para as escolas o interesse desses alunos em buscar projetos como também o conhecimento e a metodologia para que se possa utilizar a energia elétrica de forma racional. É importante ressaltar, ainda, que como reconhecimento, fizemos a premiação de um notebook para a Isadora, que ganhou o primeiro lugar de destaque no Maranhão, bem como reconhecimento em Brasília frente a esse trabalho da ANEEL e empenho que a estudante teve em relação à prova concorrendo com inúmeros alunos do estado e do Brasil” ressalta Mirelly.   

    A iniciativa está alinhada com as ações da Equatorial Maranhão ligadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), no qual a Equatorial é signatária, visando promover a Educação de Qualidade, até 2030. 

    Sobre a ONEE 

    A Olimpíada é uma iniciativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), com a coordenação do Instituto da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee) e realização das concessionárias de energia que operam em 22 estados e no Distrito Federal, com objetivo de levar informações sobre o uso consciente da energia elétrica, por meio de desafios e provas.  

    Os competidores da ONEE 2022 participaram de um curso composto por três módulos, que contemplaram assuntos como: Introdução à energia e suas transformações; fontes e matrizes energéticas; produção/geração de energia e consumo consciente; e ações de eficiência energética e combate ao desperdício. A propagação do consumo consciente de energia elétrica também contou com uma série de conteúdos publicados nas redes sociais e no canal da olimpíada no Youtube, além da realização de lives com especialistas no tema e Blitz da Eficiência Energética, que consistiram em aulas e atividades presenciais preparadas em parceria com as distribuidoras de cada local. 

    DEIXE UMA RESPOSTA

    quatro + 8 =