Encontros proporcionados pelo Famílias Fortes incentivam a aproximação entre pais e filhos

    0
    232
    Qualidade das relações familiares reduz comportamentos de risco e consolida bons hábitos na convivência diária (Foto: Internet)

    Ofortalecimento da família por meio da valorização do convívio, da boa comunicação e do afeto são alguns dos objetivos do Famílias Fortes, uma iniciativa que conta com a parceria de municípios, organizações da sociedade civil e instituições federais para levar orientação e bem-estar para famílias com filhos entre 10 e 14 anos. Com as parcerias formalizadas até o momento, 40.637 famílias já foram ou serão beneficiadas pelo Famílias Fortes.

    Resultado preliminar: 130 municípios são aprovados para adesão aos projetos Família na Escola, Reconecte e Famílias Fortes

    O Família Fortes é uma adaptação à realidade brasileira do Strengthening Families Programme (SFP-UK), elaborado no Reino Unido pela Oxford Brookes University, cuja metodologia consiste em sete encontros semanais, cada um com duas horas de duração. Nos primeiros 60 minutos, pais e responsáveis se reúnem em uma sala e os filhos em outra. Os adultos são incentivados a esclarecer as expectativas com base nas normas de desenvolvimento de crianças e adolescentes, a usar práticas disciplinares apropriadas, a gerenciar emoções e a se comunicar de maneira eficaz.

    Já os filhos aprendem habilidades para a interação pessoal e social, como ter metas que deem sentido à vida, seguir regras, reconhecer as dificuldades e as qualidades dos pais, lidar com a pressão dos amigos, saber identificar modelos positivos e ajudar os outros.

    Na segunda hora, pais e filhos se reúnem no mesmo ambiente para praticar as habilidades que aprenderam. Eles trabalham na resolução de conflitos e se envolvem em atividades para aumentar a coesão familiar e o envolvimento positivo dos filhos na família. No Brasil, o Famílias Fortes está sob a gestão do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH) por meio da Secretaria Nacional da Família (SNF).

    De acordo com a secretária nacional da Família do MMFDH, Angela Gandra, o programa é de extrema importância para a manutenção da harmonia familiar. “Nosso objetivo é contribuir com a formação de famílias bem estruturadas para promover o diálogo, a paciência e o fortalecimento de vínculos para a boa convivência diária. Por meio de oficinas com pais e filhos, incentivamos essa aproximação que acreditamos ser o segredo para a formação de adultos conscientes e de famílias estruturadas”, salienta a gestora.

    Abordagem especializada

    Os encontros são conduzidos por facilitadores com formação nas áreas de assistência social, educação ou saúde, que dispõem de um manual especialmente preparado para eles com os detalhes de todas as atividades, além de vídeos que abordam os temas a serem trabalhados com as famílias. A capacitação desses profissionais se dá por meio do “Curso para Facilitadores do Famílias Fortes”, disponível na plataforma AVAMEC.  Atualmente há 6.365 profissionais certificados em 1.613 municípios.

    Para chamar a atenção de jovens e adultos, as oficinas são variadas e abrangem assuntos específicos como: desenvolvimento de maneiras eficazes de comunicação e relacionamento; promoção da expectativa de futuro aos jovens; como lidar com o estresse e a pressão dos amigos; como compreender e valorizar os pais e entre outros temas. Para que a dinâmica funcione como o esperado, cada reunião conta com a participação máxima de 15 famílias.

    Para a condução dos encontros, são necessários três a cinco facilitadores, que dispõem de um manual com detalhes de todas as atividades e vídeos que abordam os temas a serem trabalhados com as famílias. Para chamar a atenção dos jovens e adultos, os temas das oficinas são variados e abrangem assuntos específicos como: o desenvolvimento de maneiras eficazes de comunicação e relacionamento; promoção da expectativa de futuro aos jovens; como lidar com o estresse e a pressão dos amigos; como compreender e valorizar seus pais e muito mais.

    Como os municípios podem aderir ao Famílias Fortes?

    Confira os requisitos na página oficial

    Adesão ao Programa e implementação do Famílias Fortes nos municípios

    Para dúvidas e mais informações:
    familiasfortes@mdh.gov.br

    DEIXE UMA RESPOSTA