Dia da Mulher: Liderança feminina fomenta foodservice no Brasil

    0
    488

    Fundadora e CEO da GALUNION, Simone Galante tem mais de 25 anos de experiência no setor

    Para trilhar uma carreira de sucesso e chegar à liderança, Simone Galante usou o exemplo da mãe. Dona Maria Rosa fez quatro faculdades, foi funcionária pública dedicada, fundou uma escola de Ensino Infantil, empreendeu com pousadas, bar, até banca de jornal, construiu casas e se dedicou às atividades voluntárias e sociais. A fundadora e CEO da GALUNION Consultoria, cresceu com esse espelho, de que as mulheres trabalham o dia todo, cuidam dos seus filhos, da casa, dos amigos e amam muito. Hoje, a empresária acumula mais de 25 de experiência no mercado de foodservice e evidencia a importância da liderança feminina neste mercado.

    Simone atuou como executiva em grandes multinacionais como GRSA – Compass Group e no máster franqueado da Arby’s Restaurant Group, e em empresas nacionais como Sapore, Luft Foodservice e Liotécnica. Além disso, é membro de Conselho Consultivo da Boali, a maior rede de alimentação saudável do Brasil, realiza palestras sobre tendências do foodservice e participa dos grupos do segmento de franquias na ABF (Associação Brasileira de Franchising) e de bares e restaurantes na ANR (Associação Nacional de Restaurantes).

    Desde a fundação da GALUNION, em 2009, Simone liderou projetos para todos os elos da cadeia de valor em grandes operadores, como Subway, BRMania, Ráscal, Am/Pm Ipiranga, Grupo Trigo, Mania de Churrasco, Ofner, entre outros. Também conduziu projetos para indústrias de alimentos e de equipamentos como Forno de Minas, Nestlé Professional, Unilever, Hershey’s, Mondelez, Engefood e Macom Hoshizaki, além de distribuidores e fundos de investimentos do setor. No momento, a GALUNION dedica-se também ao fomento de repertório de conteúdo e dados que ancoram a inovação com olhar para tendências, consumidor e demais agentes que compõe o Ecossistema do Foodservice. Além disso, realizou mais de 350 projetos customizados de consultoria para empresas e associações líderes do mercado brasileiro de alimentação fora do lar.

    “Na GALUNION, meu propósito é contribuir ativamente para a evolução do mercado de foodservice, compartilhar sucesso com felicidade e catalisar o progresso dos clientes e das equipes. Acredito na criação de relacionamentos duradouros com alinhamento, confiança e respeito à cultura do cliente. Fazer o que gosta é trabalhar com o pensamento livre, em busca das melhores soluções a cada dia e a cada novo desafio, e incluir a potência humana e digital neste processo”, revela a CEO.

    Antes de fundar a GALUNION, Simone foi diretora das divisões de varejo, saúde e educação da GRSA, com mais de 4.400 colaboradores e vendas acima de US$ 140 milhões por ano. Lá, também dirigiu a área de supply chain, onde liderou o projeto de centralização da área de compras e logística e apoiou a implantação de menu planning. Foi pioneira na implantação do MAP (Management and Performance), programa mundial de alinhamento de gestão e performance, responsável por gerar resultados expressivos ao Grupo Compass em todo o mundo. Na área de varejo em terminais de passageiros, operou mais de 12 marcas franqueadas e oito marcas próprias.

    “A evolução do mercado e as tendências inovadoras que surgem ano a ano nos movem mais intensamente em direção ao nosso propósito. Além disso, a presença em eventos de foodservice se torna obrigatória para vermos o que está em alta em outros países, trazendo ideias e insights para se diferenciar dos concorrentes. Esta jornada me traz uma satisfação imensa, exige dedicação e fazer novas reflexões a todo momento. A GALUNION só existe hoje por ser composta de pessoas maravilhosas, que desejam harmonia verdadeira, ou seja, autenticidade no modo de ser e de agir, muita união e catalisação de conhecimento e negócios. Em um segmento dominado por homens, temos que dar voz e olhar para que as mulheres possam se expressar no foodservice. O protagonismo feminino é um fator para a mudança econômica para o País. Precisamos apoiar uma as outras para trazer a prosperidade ao setor”, finaliza Simone.

    DEIXE UMA RESPOSTA